You are on PERI's international website. Click here to switch to PERI USA. Click here to view all PERI websites.

Ponte sobre o rio Corgo

Dados de projecto

Localização: Vila Real, Portugal

A ponte sobre o rio Corgo está integrada no Sub-Lanço D1: Fortunho/Falperra do Itinerário Principal 3, que se insere na SCUT Interior Norte. A ponte pertence ao ramo que liga a Estrada Nacional 2 ao IP3 e destina-se a vencer o vale do rio Corgo. A PERI Portugal realizou e forneceu os projectos de cofragem para execução dos fustes e capitéis da ponte.

Requisitos

  • A ponte sobre o rio Corgo é constituída por uma superestrutura contínua de 7 tramos, formada por um tabuleiro em laje vigada e cuja construção será feita com recurso a um cimbre auto-lançável. O tabuleiro tem a seguinte modulação de vãos e comprimento total entre eixos de apoio nos encontros: 37,00 + 5 x 46,00 + 37,00 = 304,00 metros. A rasante vence o vale do rio Corgo a cerca de 60 metros de altura máxima.
  • O tabuleiro é constituído por 6 pilares com a altura máxima de 50,00 m. Cada pilar é formado por um fuste de secção constante, uma zona de transição entre o fuste e o capitel de secção variável e por um capitel também ele de secção variável.

Cliente

CONDURIL, S.A.

Benefícios para o cliente

execução eficaz de trabalhos com elevada segurança

Eng.° Pedro Silva
Director de obra

As cofragens trepantes da PERI permitiram executar pilares até 50 metros de altura com eficácia e elevada segurança.

Soluções PERI

  • A cofragem do fuste foi baseada no sistema VARIO com vigas VT-20K, complementado com correias especiais perfeitamente adaptadas à geometria deste elemento estrutural. Como sistema de apoio da cofragem, foram utilizadas consolas KG-240 (sistema trepante).
  • Uma vez que o fuste apresentava uma secção constante, este elemento pôde ser betonado em ciclos de betonagem muito curtos (com hbet = 5,00 m), aumentando dessa forma a rentabilidade do sistema projectado.
  • A cofragem da zona de transição entre o fuste e o capitel, de secção variável, também foi baseada no sistema VARIO com vigas VT-20K e correias especiais. Como sistema de apoio da cofragem também foram utilizadas consolas de apoio KG-240.
  • No capitel, as betonagens foram limitadas a hbet = 2,50 m e foram utilizadas, como complemento aos sistemas anteriormente mencionados (que se mantiveram), consolas trepantes SKS-2E2 nas faces inclinadas.

Sistemas PERI utilizados